Software para gestão de estoque: uma decisão acertada!

SoftwareAntes de se pensar em adquirir um software para gestão de estoque deve ser levado em consideração que o controle de estoque é um processo de essencial importância ligado diretamente à saúde financeira da organização independente do seu porte e/ou mercado de atuação. A busca por um software adequado passa, então, pelo planejamento estratégico da organização chegando-se aos conflitos financeiros para uma redução de estoque, tendo-se como objetivo uma melhora de fluxo de caixa.

Nos dias atuais as organizações, mais do que nunca, buscam manter seus níveis de estoque apenas com o necessário, isto é, com materiais de uso básico para a sua produção, onde o custo-benefício deste armazenamento é acompanhado juntamente com o retorno aplicado para cada material estocado. Outra questão de suma importância é em relação a análise de estoque excessivo e, em sentido contrário, a falta de estoque, duas situações igualmente negativas que podem gerar custos elevados e até mesmo perdas financeiras para a empresa.

Por que um software para gestão de estoque?

Tendo em vista os aspectos anteriores, um software para gestão de estoque tem como objetivo principal controlar a necessidade de produtos da forma mais equilibrada e coerente possível com a realidade de mercado. A falta deste equilíbrio pode gerar enormes prejuízos ocasionando insatisfação de clientes e, até mesmo, investimentos sem retorno, acarretando situações que não podem ser resolvidas ou contornadas facilmente.

Um software para gestão de estoque, além de buscar o equilíbrio das necessidades de produtos, controla e gerencia todas as movimentações realizadas no estoque, abrangendo não só a aquisição de mercadorias, mas também a matéria-prima e a fabricação de produtos próprios, já acabados.

Diante da análise necessária para aquisição de um software para gestão de estoque é interessante que esta ferramenta contemple aspectos técnicos e processuais imprescindíveis e que, obviamente, a empresa esteja atenta a todos estes, tais como: variadas formas de movimentação de estoque, liberação de pedidos, cálculos de custo médio mensal ou permanente com possibilidade de recálculos, ajustes de saldos e inventário, atendimentos de requisições internas, cálculo de MRP, geração de etiquetas, rastreabilidade de produtos, relatórios personalizados pelo próprio usuário, total integração com outras áreas da empresa, entre outros.

Automatizar processos

Pode-se dizer que uma plataforma tecnológica, ou um software para gestão de estoque é, sem dúvida, uma decisão acertada para as empresas que buscam automatizar seus processos, eliminar retrabalho, otimizando tempo para que possam atuar mais estrategicamente, obter mais segurança, confiabilidade e rapidez nas informações geradas e, com isto, aumentar sua rentabilidade no mercado.

Levando-se em consideração, os custos versus benefícios, adquirindo-se um software de uma produtora com know how no mercado de ERPs e com uma metodologia exclusiva é possível garantir que o processo de implantação não prejudique o andamento dos negócios no seu dia a dia e que a entrada em operação do software de gestão de estoque seja no menor prazo possível, obedecendo o escopo, o cronograma e, principalmente, o orçamento planejado.

gestao-de-estoque-conhecer-para-transformar-face