Goiás adere à NFC-e

As empresas do comércio varejista de Goiás já podem implantar a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), fazendo o credenciamento no site da Secretaria da Fazenda para emissão do novo documento.

Com a implementação, Goiás adere ao projeto nacional ao lado de outros estados na utilização da ferramenta de modernização das administrações tributárias. A utilização é facultativa até dezembro desse ano e a partir de janeiro de 2017 passa a ser obrigatória.

As novas empresas varejistas e os postos de combustíveis serão os primeiros a aderir a NFC-e. Dando sequência ao cronograma, as demais empresas do regime normal de tributação deverão emitir a NFC-e a partir de julho de 2017 e, por fim, em janeiro de 2018, os contribuintes optantes pelo Simples Nacional, finalizando a implantação em Goiás. O documento não será obrigatório para o Microempreendedor Individual (MEI), o produtor agropecuário e o extrator mineral ou fóssil.

Segundo a Sefaz Goiás, entre os benefícios estão a redução de custos ao contribuinte e o repasse automático dos dados da venda.

A Secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão Costa afirmou que para o consumidor, destacam-se como vantagens a segurança e a transparência uma vez que ele poderá conferir a validade e autenticidade do documento fiscal recebido na compra. Além disso, ressaltou que a Nota do Consumidor Eletrônica participa automaticamente do Programa Nota Fiscal Goiana, o que contribuirá para resolver a maior reclamação dos quase 280 mil consumidores inscritos, que é o não aparecimento da nota fiscal em sua conta, no site da Nota Goiana.

Como se credenciar para NFC-e

Para as empresas que já emitem a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), o credenciamento na Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica é automático, tendo, apenas que adaptar o programa emissor fiscal. Para aquelas que não emitem a NF-e, é preciso fazer o credenciamento no site da Secretaria www.sefaz.go.gov.br (no banner da NF-e) e instalar o emissor. Para as novas empresas, além de obter certificado digital, basta fazer o credenciamento na NFC-e, instalar o programa emissor e ter uma impressora não fiscal.

Informações: Sefaz/Goiás

 

Soluções WK

Conheça as soluções WK para a gestão de Notas Fiscais Eletrônicas que contemplam ferramentas para emissão, mensageria, controle, distribuição, armazenamento e contingência.

Experimente nossos sistemas e aproveite para conhecer as vantagens de ser cliente WK.