WK Sistemas abre vagas remuneradas para programa de formação

O mercado de tecnologia da informação forma 46 mil profissionais por ano, mas seriam necessários 70 mil para suprir a demanda do setor, segundo um levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). Um outro estudo do BrazilLAB em parceria com a Fundação Brava e o Center for Public Impact (CPI) mostrou que a estimativa até 2024 é que sejam necessários mais de 300 mil profissionais na área. Preocupadas com essa demanda, algumas empresas já estão apostando na capacitação interna dos seus colaboradores. É o caso da WK Sistemas, empresa de Blumenau referência em softwares de gestão empresarial (ERP), que está lançando mais uma turma do seu Programa de Formação Remunerada.

O objetivo do programa é capacitar estudantes dentro das áreas de atuação da empresa em duas etapas: na primeira, os alunos têm quatro meses de aulas com especialistas do setor onde vão trabalhar. Depois, passam dois meses em imersão no ambiente real, aplicando na prática, com orientação e acompanhamento de profissionais qualificados, os conhecimentos adquiridos na sala de aula. Todos são remunerados durante o processo e têm chance de serem contratados no final do programa. Nos últimos dois anos, 100% da turma foi efetivada.

“Encontrar profissionais qualificados, principalmente para as vagas de tecnologia, nem sempre é uma tarefa fácil. Por isso nós damos essa oportunidade para estudantes, para que eles consigam crescer na empresa e aprender, na teoria e na prática, sobre a função que vão exercer. O programa já é feito na empresa desde 1993, e sempre dá bastante certo”, comenta Cláudia Rutzen, diretora administrativa da WK.

Desta vez, a empresa está abrindo 20 vagas para o setor de desenvolvimento. Para se candidatar, é preciso ter mais de 18 anos, estar vinculado a uma instituição de ensino superior ou técnico na área de tecnologia e possuir conhecimento de lógica de programação. O horário de trabalho é na parte da tarde, das 13h15 às 17h15. A empresa oferece uma bolsa mensal no valor de R$1000 e benefícios como vale-transporte e seguro de vida, além de um ambiente informal, com pantufas e chinelos liberados, no dress code e pet day. Os candidatos podem se inscrever do dia 5 ao dia 14 de fevereiro pelo site: https://go.wk.com.br/formacao O processo seletivo é feito de forma remota.

Programa não tem restrição de idade

A idade mínima para se candidatar a uma vaga é de 18 anos, mas a WK não tem nenhuma restrição de idade. Uma das últimas turmas, inclusive, contou com dois alunos de mais de 30 anos: a Anne Zimmermann, de 35, e o Marcelo Kuhn, de 44. Os dois tinham o sonho de trabalhar com tecnologia e não tiveram medo de “dar um passo atrás” para entrar no setor.

Marcelo conta que sentiu que precisaria de uma “reciclagem” e de um bom treinamento, e encontrou essa possibilidade no programa de formação da WK. “O programa é bem estruturado e bastante intenso. A gente aprende muito um com o outro, e o ambiente de trabalho é muito bom. E o mais bacana é que o fato de eu já ter uma carreira não foi um impeditivo para que eu começasse da base de novo”, comenta.

Para Cláudia, ter essa diversidade de idades nas turmas demonstra a força que o mercado de TI está ganhando. “Nós percebemos um movimento cada vez maior de pessoas mais velhas migrando para as áreas de tecnologia e ficamos muito felizes de contar com esses profissionais nas nossas turmas de formação, porque não só contamos com pessoas qualificadas e experientes no mercado de trabalho como também ajudamos na realização de um sonho antigo”, declara.