Como fazer o controle de estoque nas pequenas empresas

Observar atentamente os produtos estocados a fim de garantir que todas as demandas sejam atendidas sem que haja desperdício, excesso, falta ou prejuízo. Isso é fazer o controle de estoque de uma empresa, uma atividade que, se não for levada a sério, pode comprometer toda a estrutura de um negócio.

Um dos principais problemas que ocorrem neste processo é a falta de acompanhamento dos números, um erro crucial que pode determinar a continuidade ou não de uma empresa. Afinal, saber exatamente o que entra ou sai do estoque é uma maneira de entender o comportamento do negócio e identificar o que mais é vendido ou não, evitando que o dinheiro fique parado e afete o capital de giro.

Esse monitoramento do estoque é fundamental para garantir um bom funcionamento de todas as operações. E quando falamos das pequenas empresas, esse controle precisa ser ainda maior, pois elas não têm muita margem para erros e qualquer prejuízo pode comprometer a viabilidade do negócio.

Então, para manter esse que é um dos pilares essenciais de sustentação de uma pequena empresa em dia, neste artigo vamos mostrar os passos a serem seguidos para um controle de estoque eficiente. Confira!

1 – Faça um inventário

É bem provável que você já tenha ouvido falar nos grandes inventários e balanços realizados a cada fim de ano em grandes empresas. Este é um procedimento muito comum para, como o próprio nome sugere, fazer um balanço de como foi aquele período. Porém, se engana quem pensa que o inventário é exclusividade de grandes corporações ou, ainda, que só deve ser feito em dezembro. Este é um procedimento padrão que exige uma atualização periódica, uma vez que é capaz de identificar erros e falhas de gestão.

Para fazê-lo, comece listando todos os produtos estocados, assinalando a quantidade exata de cada um deles. As entradas e saídas são constantes, portanto, é necessário estar atento e registrar cada movimentação, revisando os dados de fluxo e apontando as datas em que ocorreram. Como é um método que previne falhas, é importante centralizar a tarefa em um colaborador ou em uma equipe, conforme o tamanho do estoque.

2 – Automatize o controle de estoque

Já vimos aqui no blog o quanto a tecnologia pode jogar a favor da sua empresa e auxiliar ativamente o processo de gestão e produção. Com o estoque não é diferente. A localização de produtos e a atualização do inventário podem ser facilitadas com o uso de soluções especialistas no controle de estoque. Além de agilizarem todo o processo, os softwares ajudam a economizar no caixa, pois fazer a contagem e o registro das mercadorias manualmente exige mais mão de obra e tempo, tornando tudo isso mais oneroso e passível de erros.

3 – Qualifique seus colaboradores

Vimos até aqui o quão importante é o controle de estoque e como, além de facilitar os processos de produção e gestão, ele é capaz de prevenir falhas e evitar prejuízos financeiros. Mas para que essa atividade seja assertiva, os colaboradores precisam estar qualificados para executarem todas as atividades de controle de estoque e realizarem um acompanhamento eficiente. Para isso, além de definir uma equipe para esta tarefa, é importante que um líder se responsabilize para que esse monitoramento seja rotineiro.

4 – Equilibre seu estoque

Controlar o estoque não significa apenas ter dados e planilhas com números e movimentações. É necessário que ele esteja em equilíbrio, quer dizer, que não haja produtos em excesso ou em falta. O controle que, como vimos, também passa pelo inventário, permite otimizar o processo, uma vez que estimula análises que identificam o comportamento de saída dos produtos e possíveis sazonalidades. Dessa maneira, o seu negócio fica sempre preparado para reorganizar o estoque conforme a rotatividade das mercadorias e os períodos de maior potencial de venda.

Conquiste um controle de estoque eficiente com um software ERP voltado às pequenas empresas

Focada em desenvolver soluções sob medida para cada tipo de negócio, a WK Sistemas também está atenta à importância do controle de estoque para as pequenas empresas. Por isso, desenvolvemos o ERP Radar Lite Cloud, que oferece funcionalidades capazes de otimizar a gestão do seu negócio, incluindo o controle de estoque, é claro, com tecnologia de ponta.

O software diminui a burocracia, melhora o controle de operações, facilita o atendimento à legislação e integra de maneira segura e inteligente as áreas da sua empresa. Consequentemente, torna mais prático e seguro o controle de todas as movimentações.

Então, se o controle de estoque é fundamental para garantir a eficiência do seu negócio e, mais do que isso, assegurar a viabilidade financeira dele, nada melhor do que contar com um ERP que se adapta à sua realidade e entende às suas necessidades. Conheça a solução da WK e conquiste muitas vantagens economizando tempo e dinheiro!

E se você tem alguma outra ação relacionada ao controle de estoque que costuma utilizar na sua empresa, deixe um comentário no espaço abaixo.