WK Sistemas desempenha papel fundamental na formação profissional de jovens estudantes

Texto adaptado da Associação Brasileira de Estágios.

 
Do total de brasileiros entre 16 e 24 anos (35,1 mi), 65,3% estão no mercado de trabalho, mas somente 46,8% são estudantes. O universo de alunos que cursam o nível médio e universitário, totaliza hoje 13,3 milhões de estudantes, sendo 8,3 milhões do ensino médio e 5 milhões do ensino superior. Existem oito milhões de jovens que não estudam nem trabalham e cujas famílias vivem com renda inferior a metade do salário mínimo (Censo Inep/MEC 2011).
 
Registra-se um contingente expressivo que, independentemente do estágio curricular obrigatório, precisam trabalhar para custear seus estudos. 91% dos jovens entre 18 e 24 anos dependem da bolsa-auxílio para continuar estudando. Sem qualquer experiência anterior, estes estudantes têm pouquíssimas chances de inclusão no atual mercado de trabalho. O estágio nesta fase lhes proporciona, portanto, cidadania, contato com o ambiente corporativo e, adicionalmente, os afastam dos desvios de trajetória, tão comuns nesta faixa etária.
 
O estudante, ao ser contratado como estagiário remunerado em uma empresa, estará efetivamente vivenciando e absorvendo, na prática e, no melhor momento da sua trajetória educativa, um comportamento social, cultural e profissional. Essa experiência é necessária para a formação da sua personalidade, normalmente cheia de conflitos diante dos inúmeros desafios do dia a dia de todo adolescente.
 
Além de proporcionar a aprendizagem social, profissional e cultural para o estudante, previstos no texto da Lei de Estágio, o estágio remunerado confere aos estudantes INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, INCLUSÃO SOCIAL, CIDADANIA E AUTOESTIMA pela conquista das suas primeiras receitas pessoais até para complementar a renda familiar.
 
O estágio remunerado continua sendo a melhor forma de proporcionar ao jovem – sem onerar as empresas – a preciosa oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, seja ele estudante de nível médio ou superior.
 
PROGRAMA DE ESTÁGIO WK
A WK Sistemas, através do “Programa de Estágio WK”, abriu uma turma de estágio em agosto de 2012 com enfoque em programação C++. O objetivo era investir na capacitação de profissionais nesta linguagem de programação para que os mesmos pudessem ser absorvidos pela área de desenvolvimento da empresa.
 
O estágio, com 4 horas diárias, contou com a participação de estudantes do ensino médio e de graduação, sendo divididos em duas turmas, uma matutina e outra vespertina. Durante o período de 6 meses, os estagiários participaram de aulas teóricas e práticas ministradas por profissionais WK com reconhecida experiência em desenvolvimento de sistemas e por instrutores terceirizados certificados Microsoft.
 
O instrutor do Programa de Estágio WK, André Ramaciotti da Silva, comenta sobre sua experiência mais recente no repasse de conhecimentos aos estagiários: 
 
As últimas turmas do Programa de Estágio contaram com a participação de estudantes muitos jovens, entre 17 e 20 anos. Muitos nunca haviam estudado programação e poucos possuíam alguma experiência profissional. O fato de não compreender exatamente o que seria apresentado no estágio acabou sendo um grande desafio para os próprios estagiários e também para a WK Sistemas. Naturalmente, com o passar do tempo, os estagiários começaram a adquirir conhecimento em programação. No entanto, a ansiedade de saber como seria trabalhar efetivamente na área de desenvolvimento da empresa continuava grande.

Durante os seis meses de treinamento, os estagiários aprenderam como ‘escrever’ os primeiros programas e, a partir daí, desenvolveram programas cada vez mais complexos. Aprenderam, também, a metodologia de desenvolvimento da WK – WK Agile – e foram, aos poucos, se adaptando ao funcionamento da empresa como um todo.

A situação mais interessante como instrutor responsável pelo treinamento destes estagiários foi perceber que alguns começaram a pesquisar por conta própria sobre os assuntos ministrados. Acredito que esta atitude proativa, de não esperar que tudo seja ensinado, pode influenciar na escolha de quem não ficará na empresa e quem será efetivado, passando a fazer parte do quadro de colaboradores da WK e da equipe de desenvolvimento do ERP Radar Empresarial”.
 
A estudante do 3º ano do Ensino Médio, Maria Luisa Fernandez Coelho de Freitas, ex-estagiária e atual Assistente de Qualidade Trainee da WK Sistemas participou do último Programa de Estágio WK oferecido no ano de 2012. Segundo Maria Luisa, “foi uma das experiências mais gratificantes e proveitosas que eu já tive contato, pois nela é proposto um desafio, mas não um desafio normal. Trata-se de um desafio onde o seu maior oponente é você mesmo. Acho importante destacar que, além dos momentos gratificantes que passei no estágio, que foram muitos, a WK Sistemas me propiciou uma oportunidade de aprendizado imensa. Em janeiro deste ano fui efetivada! Com certeza a WK Sistemas é muito mais que uma empresa, é uma extensão da minha família”.
 
Depoimentos como este de Maria Luisa motivam a WK Sistemas a continuar investindo em novas turmas de estágio. “No segundo semestre de 2013 pretendemos abrir mais uma turma para jovens com vontade de aprender e atitudes que façam a diferença em nossa equipe”, informa Cláudia Denardi Rutzen, Gerente Administrativa da WK Sistemas. Sem dúvida esta é uma boa notícia para quem está buscando uma oportunidade em 2013.
 
Última turma de estágio WK: dos 16 estagiários, 13 foram contratados:
CAMILA Viviani Martins, MARIA LUISA Fernandez Coelho de Freitas, LEONARDO Leal Oliveira,
ITALO Guilherme Casas, PABLO Henrique Rutsatz, LUCAS Forlin Rodrigues,
GABRIEL Triandafelides A. de Souza, SILVIO Greuel, LUIS HENRIQUE Nicoleli de Mello, GLAICON Jose Peixer,
TIAGO Henrique da Silva, LUCAS Clemer Bonelli e LUIZ FERNANDO Bertolino Boger.
 
 

Dúvidas sobre estágio? Acesse Associação Brasileira de Estágios.