Saiba como avaliar o momento certo de expandir a empresa

Expandir a empresa é desejo de qualquer empreendedor, certo? Afinal, quando esse momento chega, é sinal de que o negócio tem sido lucrativo, ganhou a confiança dos clientes e tem ainda mais potencial para crescer. Mas qual é o momento certo de dar esse passo? Essa é a dúvida de muitos, pois, ao mesmo tempo em que a expansão é um sonho, ela é também sinônimo de preocupação. Isso porque é necessário saber o momento certo de expandir e elaborar um planejamento adequado para iniciar essa caminhada. Se isso não acontecer, as chances de a expansão fracassar são grandes.

Avalie alguns fatores antes de expandir a empresa

Ter um negócio consolidado, infelizmente, não significa exatamente que ele esteja pronto para ser ampliado. Antes de partir para essa etapa importante, é necessário levar em conta alguns fatores para evitar complicações.

Comece analisando, por exemplo, o lucro que sua empresa registrou nos últimos anos. Às vezes, por conta de fatores como a sazonalidade, o lucro aumenta e, consequentemente, dá a impressão de que isso já é suficiente para expandir. No entanto, lucro recente não é garantia de que seu negócio esteja consolidado e possa suportar a expansão. Por isso, avalie os resultados obtidos nos últimos três anos. Se ele for contínuo, é um bom sinal!

Também é importante analisar quais são as possibilidades de crescimento no seu ramo de atuação. Será que vale a pena, por exemplo, expandir uma locadora de vídeos em épocas nas quais os serviços de streaming têm aumentado? Essa é uma decisão que cabe apenas a você, mas é importante estar atento às oportunidades de crescimento, já que se o seu setor cresce, é bem possível que sua empresa cresça também.

Outro fator a ser avaliado é a sua base de clientes. Se você nota que eles estão satisfeitos com o seu atendimento e com os produtos oferecidos, é mais um sinal positivo, assim como a procura feita por outros clientes sem que você os busque primeiro.

Geralmente, a satisfação dos clientes também vem acompanhada de pedidos para que você amplie seus negócios, com a abertura de filiais em outros lugares, por exemplo. Isso também é um bom sinal!

É necessário ainda analisar alguns fatores internos da sua empresa, como a motivação dos seus funcionários, uma vez que eles serão fundamentais no processo de expansão, e a boa gestão financeira, pois não há como expandir sem ter controle sobre as finanças e as contas em dia.

Por último, você também deve avaliar qual é a demanda que o seu ramo de atuação tem por novos produtos e se você tem possibilidade de atendê-la. Se sim, é outro sinal de que a sua expansão pode ser um bom negócio.

Analise qual é o melhor modelo de expansão

Se você respondeu positivamente para todas as questões acima, temos uma boa notícia: é possível que a sua empresa esteja pronta para uma expansão. Mas e agora, como fazer isso? O primeiro passo é avaliar quais são os modelos de expansão e qual é o mais adequado para o seu negócio.

Uma possibilidade é abrir outra unidade própria, que é aquela primeira ideia que vem à mente quando se fala em expansão. Neste caso, o lucro contínuo e as tendências de mercado, como já falamos antes, devem ser analisados com ainda mais rigor, pois você precisará de fôlego para crescer.

Além disso, o local onde será instalada a unidade deve ser escolhido estrategicamente, pensando no que é mais viável para a empresa, e o empreendedor deve elaborar um plano de negócios.

Outro modelo de expansão é a criação de um sistema de franquias. Aqui, os franqueados acabam dividindo, ou mesmo tomando para si, alguns custos, como os relacionados ao marketing. Esse modelo, no entanto, exige total atenção ao comprometimento dos parceiros, que devem manter a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos pela empresa.

Também é possível expandir os negócios por meio da aquisição de outro empreendimento ou ainda pela fusão com outra empresa. Esses modelos podem ser escolhidos por qualquer empreendimento, até mesmo os de pequeno porte. No caso da fusão, no entanto, é necessário ter cuidado redobrado, afinal, esse negócio é como um casamento e é preciso escolher o parceiro ideal.

Esses três modelos são os mais conhecidos quando se fala em expansão. Porém, esse processo também compreende outras atividades. Quando você aumenta sua presença na internet, licencia seu produto, compra novo maquinário ou investe em novos produtos também está expandido. E, nesses casos, os fatores que citamos anteriormente também são bons indicativos de que é hora de investir.

Aposte em ferramentas de gestão

Você viu que para decidir o momento certo de expandir é necessário analisar vários aspectos, como o lucro, as tendências de mercado e a fidelidade dos seus clientes. Para fazer essa avaliação, você pode contar com ferramentas especializadas na gestão de empresas, como o ERP Radar Empresarial, desenvolvido pela WK Sistemas.

Essa solução permite que você tenha controle sobre as várias áreas do empreendimento, como estoque, finanças, controladoria e vendas. Além disso, o sistema também conta com ferramentas de BI (Business Inteligence), que compilam informações e geram relatórios para que você possa tomar as melhores decisões em relação ao seu negócio.

Então, se expandir é o seu próximo passo, conte com a gente!