Saiba como aumentar a produtividade na indústria sem perder qualidade

Agilizar a produção é um dos principais desafios para as indústrias. Mais do que desafiadora, aliás, é uma questão de sobrevivência para aquelas que buscam constantemente uma forma de entregar resultados melhores, superar os concorrentes e aumentar a rentabilidade do negócio. No entanto, saber como aumentar a produtividade na indústria de forma sustentável é o nó que amarra muitos gestores.

Aumentar a produtividade não pode ser uma ação tocada a qualquer custo, com perda de qualidade e outras características que tornam o produto diferenciado. Com o maior acesso à informação, os consumidores e profissionais de hoje estão muito mais atentos e sensíveis a qualquer alteração.

É por isso que a produtividade não significa apenas produzir mais. Ela representa a capacidade de a empresa fazer mais utilizando os recursos que possui e mantendo os mesmos níveis de qualidade. A indústria precisa ser eficiente no uso da matéria-prima, do maquinário e da mão de obra.

Vamos imaginar uma indústria alimentícia que possui uma base de clientes pequena e fiel, que consome o produto pela qualidade diferenciada. Na tentativa de aumentar a produtividade, ela passa a forçar o maquinário a produzir mais, tomando medidas como a redução do número de paradas para manutenção preventiva. O volume de produção aumenta, mas alguns meses depois os equipamentos começam a apresentar sérios problemas e estragam com maior frequência. Então, aqueles intervalos que antes eram programados, agora saem do controle.

A consequência disso é o resultado inverso do que se pretendia. A produtividade despenca, os gastos com consertos e até troca de equipamentos disparam e a empresa fica impedida de entregar os produtos dentro do prazo. Assim, os clientes vão migrar para os concorrentes e o prejuízo começa a ficar grande.

Aumentar a entrega nem sempre exige fórmulas mágicas ou ideias mirabolantes. A solução pode estar na resolução de alguns gargalos existentes nos processos da empresa. Isso significa que, muitas vezes, o segredo pode estar em casa e custa menos do que os gestores imaginam.

Como aumentar a produtividade na indústria utilizando como incentivo um bom ambiente

Conseguir, de fato, aumentar a produtividade de maneira sustentável e com qualidade está, em grande parte, nas mãos dos funcionários da indústria. São eles que, no dia a dia, tocam os projetos e fazem as engrenagens rodarem. Então, eles precisam ser incentivados a fazerem sempre o melhor trabalho.

E a melhor maneira de incentivá-los é criar um ambiente estimulante. Aqui entra o aspecto físico, que inclui limpeza, segurança e acessibilidade, mas também pontos como confiança, relacionamento e amizade. As pessoas precisam se sentir bem dentro da empresa. Mas, além disso, também há a questão profissional, com benefícios, salários condizentes com a realidade e investimento em capacitação.

Somado ao ambiente, o estímulo à criatividade e à inovação deve ser uma ação constante dentro da indústria que pretende aumentar a produtividade. Esses dois elementos, se bem trabalhados, podem fazer toda a diferença.

Lideranças presentes e atuantes

Para que os colaboradores se sintam motivados, também é importante o envolvimento efetivo das lideranças da empresa. Os profissionais que ocupam cargos de gerência e direção precisam adotar constantemente os valores do negócio e ter posturas de líderes, mas não aquelas intransigentes e autoritárias.

O ideal é que o comportamento dos líderes seja agradável, colaborando com o bom ambiente de trabalho. Chefes que apenas cobram e não abrem canais de diálogo estão contribuindo, na verdade, para a queda de produtividade de seus colaboradores.

Revisão dos processos

Como mencionamos anteriormente, não é necessário apostar apenas em grandes soluções para conseguir aumentar a produtividade. Rever os processos já é uma forma de encontrar melhorias que podem tornar o trabalho mais ágil e, ao mesmo, manter a qualidade.

Se os gestores observarem, por exemplo, uma linha de produção, poderão encontrar deslocamentos desnecessários, posições que precisam ser melhor alinhadas, materiais mal distribuídos e funcionários que fazem melhor um trabalho do que outro. Tudo isso pode parecer pontual, mas, no conjunto da obra, gera grandes resultados.

A importância da comunicação

A produtividade também passa muito por uma efetiva troca de informações entre os profissionais, tanto da produção quanto da alta liderança. Isso quer dizer que a comunicação precisa ser eficiente. Os ruídos impedem que os dados circulem corretamente entre os setores.

Dessa forma, os projetos não andam como deveriam e o trabalho acaba ficando truncado. O tempo de resposta a um problema de produção, por exemplo, será maior e ineficiente. Os canais de comunicação, então, precisam ser muito bem desenhados e alinhados em todos os níveis, fazendo com que todos conversem de maneira ágil.

Algo que pode ajudar a melhorar o fluxo de comunicação é a adoção de um sistema de gestão empresarial (ERP), pois, assim, é possível integrar todas as informações da indústria no mesmo local e disponibilizá-las para acompanhamento em tempo real dos envolvidos, facilitando as tomadas de decisões. Mas sobre isso falaremos mais adiante.

Gestão correta do tempo

Administrar o tempo é outra maneira de aumentar a produtividade sem precisar investir em soluções mágicas. Definir com critério o que é prioridade e o que é urgente faz parte disso. Os profissionais precisam ter essa noção para conseguirem entregar o trabalho no tempo adequado e com qualidade.

Na indústria, urgente costuma ser a resolução de algum problema na produção, como o conserto de uma máquina, e também a entrega de uma demanda que surgiu de última hora. A prioridade, por sua vez, é atingir as metas de produtividade e qualidade.

Sistema ERP

Por fim, mas não menos importante, o uso da tecnologia também é um grande instrumento para aumentar a produtividade na indústria. Como falamos há pouco, softwares de gestão empresarial agrupam todas as informações da empresa em um único local, permitindo o acesso fácil a qualquer dado.

O setor de engenharia, por exemplo, consegue encontrar as informações sobre a programação da produção e, assim, prever melhor o tempo de execução de um projeto, bem como os responsáveis pelo estoque podem enviar mensagens informando o status atualizado dos níveis de produtos armazenados.

Há no mercado, inclusive, sistemas que atendem às especificidades industriais, como o ERP Radar Empresarial, da WK Sistemas. A solução oferece às indústrias uma gestão completa, inteligente e funcional. Projetada para gerar segurança, automatizar processos, maximizar resultados e minimizar riscos, ela oferece o mapeamento de todo o processo produtivo, o controle sistemático do estoque e o gerenciamento de cotações e preços, para citarmos algumas funcionalidades. Tudo para garantir a tão almejada produtividade sem perder qualidade, como citamos já no começo deste artigo.

Então, se você procura excelência na gestão da sua indústria, converse com a gente e descubra como podemos ajudá-lo!