Reduzir custos: sobrevivência da empresa

No ano de 2012, a taxa de mortalidade de empresas com menos de dois anos de vida diminuiu em relação a 2011. Segundo pesquisa do SEBRAE, passou de 28,1% para 26,9%. Não é um grande salto, mas demonstra um pequeno avanço.

Existem inúmeros fatos para termos ainda um dos maiores índices de mortalidade de empresas no Brasil: falta de planejamento, falta de controle, mistura de finanças pessoais com as da empresa, desconhecimento do mercado, carga fiscal elevada, ausência de comportamento empreendedor, entre outros.

Dentre tantas causas deste índice, um dos itens que muitas empresas sequer controlam ou simplesmente “chutam” refere-se ao custo de seus produtos e/ou serviços, fato este realmente preocupante, uma vez que o controle de custos é tão importante quanto controlar as vendas, o financeiro ou o estoque da empresa.

Para Christian Andreves Bugmann, Consultor da WK Sistemas, “Conhecer e controlar os custos de produtos e serviços, além de evitar impactos financeiros, ter um controle de processos e dos insumos, influencia diretamente na formação do preço de venda, o que pode gerar um valor agregado maior para seu produto e serviço e até mesmo torná-lo mais competitivo no mercado.

SOLUÇÕES WK
O Radar Custos é integrado com as áreas de produção, contabilidade e estoque. Permite saber quais são os custos diretos, indiretos, fixos e variáveis em todo seu processo produtivo. Efetua a gestão completa de custos, calculando o custo padrão, utilizado para a formação do preço de venda e, também, o custo real, utilizado para contabilizar os custos, além de dispor de centros de custos e critérios de rateio (absorção, ABC, UEP, etc).

Mais informações sobre o Radar Custos, clique aqui.