Radar Gerenciador e o SPED PIS/COFINS

Os clientes que utilizam o Radar Gerenciador devem antecipar as configurações de PIS/COFINS nos movimentos de contratos evitando-se, assim, atropelos e aborrecimentos no momento do faturamento.

As orientações, abaixo, devem ser configuradas a partir da versão 5.9 do ERP Radar Empresarial:

  • A partir de 01/07/2011, as empresas que são Lucro Real “deverão” informar em seus movimentos o detalhamento do PIS/COFINS “por item”, ou seja, por serviço.
     
  • No momento da configuração, o contador da empresa deve ser consultado. O contador informará o que deve ser preenchido nesses campos. Essas informações irão para o Fisco e, portanto, exigem um preenchimento cuidadoso.
     
  • No Cadastro de Serviços foi disponibilizada a pasta “PIS/COFINS” que “deve” ser preenchida. Como facilitador, temos a opção ”Alteração Múltipla”. Assim, muitos serviços poderão ser configurados e alterados de uma só vez.
     
  • Para os contratos que utilizam a pasta “Itens”, os serviços inclusos já estão cadastrados. Assim, no momento do faturamento, o Radar Gerenciador irá buscar as informações de PIS/COFINS do Cadastro de Serviços.
     
  • Para os contratos que informam serviços manualmente, ou seja, que não estão cadastrados no Cadastro de Serviços, o usuário “deverá” acessar os contratos e informar os campos “PIS/COFINS” manualmente. Os locais a serem verificados são: pasta Faturamento, tela Descrição da Nota (Itens) e pasta Outras Inf. Além disso, em “Movimentos” deve-se clicar no botão “PIS/COFINS” e preencher os respectivos valores.
     
  • As informações do PIS/COFINS serão levadas para a Nota Fiscal e MTFiscal e o arquivo de EFD-PIS/COFINS será gerado. O MTFiscal somente terá condições de gerar o arquivo se, e somente se, as configurações forem efetuadas. E, ainda: o fato gerador refere-se a 1º de julho de 2011. Então, até 30/06, as informações deverão estar devidamente configuradas.

Antecipe-se! Siga as orientações e evite transtornos!