Horário de verão começa no próximo domingo, dia 19 de Outubro

À zero hora do dia 19 de outubro, começa o Horário de Verão. Os brasileiros que vivem nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste devem adiantar o relógio em uma hora. Segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS), esse horário proporcionará economia de energia de 195MW médios e de 55MW médios no subsistema Sudeste/Centro-Oeste e no subsistema Sul, o que representa 0,5% da energia consumida nesses subsistemas.
 
O Operador assinala que esses ganhos são relevantes, uma vez que os armazenamentos adicionais contribuem para a garantia do atendimento energético ao longo de 2015 e para eventual redução do despacho futuro de geração térmica, que tem reflexos nas tarifas para o consumidor final.
 
HISTÓRIA
O procedimento é adotado durante o verão porque os dias são mais longos, em função da posição da Terra em relação ao Sol, daí o nome em português, espanhol, alemão e outras línguas. Em inglês, o termo “Daylight saving time” (Horário de economia com luz do dia, em tradução livre) enfatiza a função prática, enquanto no idioma italiano “Ora legale” (Hora legal) destaca o caráter institucional da medida. 
 
No Brasil, o horário de verão é adotado todos os anos desde 1985. Até 2007 a duração e a abrangência geográfica do horário de verão eram definidas anualmente por decreto da Presidência da República. É designado pela sigla BRST (Brazilian Summer Time). A decisão de usar ao horário é de cada Estado e, no último ano, a Bahia resolveu aderir. A inclusão foi reivindicada pelos empresários daquele estado, que queriam sincronia com os expedientes bancário e comercial do Sul e Sudeste.