Fique por dentro das dúvidas frequentes da ECF – Escrituração Contábil Fiscal

RECUPERAÇÃO DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL – ECD

  • Os arquivos das ECD a serem recuperados na ECF devem estar validados e assinados;
  • A recuperação da ECD pode ser feita após a criação da ECF (basta seguir os passos do programa) ou a qualquer momento, por meio do ícone disponibilizado no próprio programa (Recuperação da ECD);
  • Para recuperar a ECD também é necessário que o período da escrituração seja de 2014 em diante. Portanto, no caso da versão de testes da ECF, o ideal é pegar uma ECD validada e assinada de anos anteriores e alterar as datas para 2014.

RECUPERAÇÃO DOS DADOS DA ECF ANTERIOR

  • No primeiro ano de entrega (2015 referente ao ano-calendário 2014), a maioria dos registros do bloco E da ECF não será preenchida, pois ele se refere a recuperação de saldos da ECF anterior e, no primeiro ano, ainda não há ECF anterior;
  • Os registros E155 e E355 serão preenchidos pelo programa da ECF a partir da recuperação dos saldos da ECD.

SITUAÇÕES ESPECIAIS OCORRIDAS EM 2014

  • Para situações especiais (cisão, fusão, incorporação) ocorridas em 2014, deve ser entregue a DIPJ.
  • A ECF só estará disponível para transmissão em 2015 e as situações especiais ocorridas de janeiro a junho de 2015 deverão entregar a ECF até o último dia útil do mês de julho de 2015, conforme disposto na Instrução Normativa no 1.422, de 19 de dezembro de 2013.

Fonte: Receita Federal.

ecf-escrituracao-contabil-fiscal-preparar-se-e-essencial-blog