Entenda as principais características da indústria 4.0

Você sabe o que é a indústria 4.0, quais as suas principais características e as tecnologias ditas como primordiais para que esse tipo de indústria funcione? Neste artigo, nós responderemos cada uma dessas perguntas e mostraremos que o futuro é 4.0! E já avisamos: quanto mais cedo você implementar as tecnologias citadas ao longo deste post para otimizar a sua operação, mais competitivo você se tornará, destacando-se frente à concorrência.

O que é indústria 4.0

Indústria 4.0 é o nome dado para um novo tipo de organizações, também chamadas de fábricas inteligentes, que utilizam as inovações tecnológicas com o propósito de automatizar e otimizar seus processos operacionais produtivos. Consequentemente, conseguem torná-los mais eficientes e customizáveis para o consumidor final.

Assim, há maior conectividade entre máquinas, colaboradores, processos, ativos e sistemas, fazendo com que todas as informações sejam gerenciadas e controladas de forma remota, por meio de redes inteligentes. Além disso, a indústria 4.0 é caracterizada por dar maior autonomia para as operações, prevenindo e antecipando falhas que podem ocorrer durante os processos.

Principais características da indústria 4.0

A indústria 4.0 é definida como um conjunto de tecnologias que permite a fusão de três mundos: o mundo físico, o mundo biológico e o mundo digital. Confira as suas principais características:

Descentralização das decisões

Com a chegada de novas tecnologias provenientes da internet, o acesso aos dados e às informações foi facilitado e, hoje em dia, qualquer um tem acesso às mais variadas informações em tempo real. Assim, no âmbito industrial, as máquinas passaram a fornecer informações sobre o seu estado de trabalho, notificando a rede central quando há alguma interferência em sua operação.

Para entender melhor, imagine o exemplo a seguir: você possui um redutor de velocidade em sua operação e ele está em pleno funcionamento. Porém, em algum momento, com o passar dos dias, você percebe que a central notifica uma vibração muito excessiva por parte deste equipamento.

Desse modo, você consegue atuar de forma rápida, evitando uma possível falha funcional em seu redutor de velocidade, pois a informação é enviada em tempo real para a central, o que faz com que as decisões sejam tomadas de forma descentralizada, a partir de dados previamente analisados e concretos.

Virtualização

Com o avanço das tecnologias, a utilização de sensores em equipamentos, máquinas e processos ficou viável, proporcionando maior rastreabilidade e um monitoramento remoto dos ativos de uma operação.

Informações em tempo real

A análise, a aquisição, o tratamento e a gestão de dados são feitos de forma instantânea. Portanto, as tomadas de decisão ocorrem de forma mais rápida, o que facilita o processo como um todo, diminuindo, também, diversos custos relacionados à operação.

Principais tecnologias da indústria 4.0

Com essas características, a indústria 4.0 abrange diversas tecnologias que têm transformado a forma de produzir no segmento industrial. Veja as principais:

Automação

A automação industrial é o uso de softwares, hardwares e sensores aplicados em equipamentos de uma organização como forma de automatizar os processos industriais. Ou seja, é quando a tecnologia é empregada com o intuito de melhorar a produtividade da empresa, diminuindo custos e melhorando a segurança de trabalho dos colaboradores. Geralmente, a automação é aplicada em atividades e serviços que são considerados de difícil execução por seres humanos.

Big Data

O Big Data é o acervo de datas e informações que possuímos, é como se fosse uma Barsa. Em um viés industrial, podemos analisar que o Big Data de uma indústria são todas as informações relacionadas aos colaboradores, equipamentos, máquinas, processos e muito mais. Assim, haverá diversos tipos de informação, como quais manutenções foram efetuadas, em quais peças, quais foram os desgastes apresentados por essas elas, entre outros dados.

O Big Data é fundamental para que você tenha maior controle sobre o seu sistema como um todo. E, além disso, ele auxilia na análise das informações, transformando dados em informações precisas e valiosas para que o gestor tome uma decisão acertada.

Internet das Coisas

A Internet das Coisas é a interconectividade, a mistura entre o mundo real e o mundo digital, a conexão entre pessoas e objetos via internet. Ela é muito importante para a indústria 4.0, pois se trata de uma rede de equipamentos constituída por redutores, motoredutores e máquinas acionadas, que são capazes de transmitir informações e dados sobre o seu estado de funcionamento, a partir de conexões de rede, internet e sensores que são inseridos em cada equipamento.

Portanto, ela possibilita que máquinas que possuem capacidade de comunicação e rede computacional se conectem à internet.

Comunicação integrada de ativos

Com a Internet das Coisas, é possível que todos os ativos se comuniquem de forma integrada, enviando informações para uma rede central, na qual esses dados e informações serão analisados e a tomada de decisão será efetuada da forma mais clara e simples possível.

Assim, todo o processo que demandaria diversas pessoas e várias opiniões em relação à análise das informações é simplificado e encurtado para que a indústria otimize e intensifique os seus resultados produtivos e operacionais.

O futuro inteligente e promissor da indústria 4.0

Com o auxílio da tecnologia, as indústrias 4.0 conseguem resultados melhores, têm menos necessidade de aplicar manutenções corretivas em seus maquinários e alcançam um maior controle sobre toda a sua operação.

Vimos que o futuro das indústrias são as fábricas inteligentes, com a utilização da automação em seus processos nos mais variados segmentos. Portanto, para que você tenha maior competitividade em seu ramo industrial e maiores níveis de produção, utilizando todas essas tecnologias citadas no artigo, garanta e contrate o serviço de monitoramento de ativos. Com ele, os seus resultados serão ainda mais satisfatórios!

Post desenvolvido pela Acoplast Brasil, cliente WK Sistemas que está há mais de 20 anos no mercado e é referência em acoplamentos, motoredutores, redutores, freios contra recuos e anéis de contração para o segmento industrial.