Colaboradores da WK participam de Workshop sobre Análise e Gestão de Requisitos de Software

A analista de negócios das Soluções Radar Folha/Ponto, Raquel Correa Nunes Mueller e a analista de qualidade do Conecte.WK (ferramenta de prestação de serviços para apoio aos usuários e clientes, no uso das Soluções WK em seu dia a dia), Alyssandra Luiza Ruggiero, participaram do Workshop “Análise e Gestão de Requisitos de Software”, ocorrido dia 15 de junho, no Hotel Blue Tower, em Blumenau/SC.

Na ocasião, o palestrante Christian Marcel Klug, gerente de projetos em tecnologia de informação com certificado e membro do PMI, abordou o conceito de requisitos, além de requisitos funcionais, não funcionais e regras de negócio, problemas encontrados na análise de requisitos, ferramentas, entre outros, e ressaltou a importância da análise e gestão de requisitos para o sucesso da implantação de software.

A colaboradora Alyssandra, que se inscreveu no Workshop para aprimorar seus conhecimentos, considera a fase de levantamento de requisitos uma das mais relevantes no desenvolvimento de um software: “Acredito ser imprescindível entender o que o cliente realmente quer e precisa, amadurecer e planejar a melhor forma de atendê-lo antes de, simplesmente, ‘sair fazendo’”.

METODOLOGIA DE IMPLANTAÇÃO WK SISTEMAS (MI-WK)
Com o compromisso de garantir os prazos de implantação dos nossos sistemas, sabendo que o processo é complexo e delicado, pois envolve pessoas e mudanças, a WK Sistemas criou uma metodologia de trabalho que prioriza as necessidades básicas do cliente, sem perder a visibilidade global do projeto, assegurando aos clientes a implantação da solução dentro do prazo e custos determinados.

Esta metodologia prevê atividades pré e pós-venda, onde o processo de comercialização inclui a identificação da aderência do produto aos processos da empresa. Sendo necessário para isso o levantamento de informações do cliente, identificando as atividades da empresa, como ela trabalha, quais suas dificuldades e prioridades, suas necessidades e expectativas, conhecendo as pessoas envolvidas, seu perfil em tecnologia e processos, verificando a estrutura tecnológica e física disponível, as necessidades de aquisições e os possíveis pontos de tensão no projeto.

A análise envolve todos os aspectos da empresa como, por exemplo, identificar as políticas e regras de negócio a serem atendidas pelo novo software, planejar os recursos e cronograma do projeto, levantar a estrutura organizacional, mapear as características do negócio, a equipe a ser envolvida no projeto e identificar os eventos e processos do negócio.

A MI-WK prioriza a análise e gestão de requisitos e, com isto, agrega diversos benefícios ao processo de implantação, como:

  • Padronização;
  • Redução dos custos;
  • Melhoria da qualidade e segurança;
  • Melhoria do relacionamento entre as equipes;
  • Redução das demandas de suporte;
  • Melhor utilização do software;
  • Diminuição de riscos;
  • Aumento da produtividade;
  • Estabelecimento de cronograma e cumprimento de prazos.